Com o avanço da tecnologia, as apostas desportivas online se tornaram cada vez mais populares em todo o mundo. No entanto, muitos países consideram as apostas online uma atividade ilegal e, portanto, não possuem regulamentação nesse setor. Essa falta de regulamentação pode colocar os jogadores em risco e levar à perda de receita para o governo. Em Portugal, o jogo online é legal e é regulamentado pela Comissão de Jogos do Turismo de Portugal (SRIJ).

A regulamentação do jogo online em Portugal tem um impacto significativo no setor de apostas desportivas do exterior. Os jogadores de outros países procuram plataformas de jogo online que estão disponíveis em português e são operadas por empresas locais para evitar taxas de conversão de moeda e outras taxas. As empresas portuguesas que possuem licenças para operar no país também podem expandir seus negócios para outros países de língua portuguesa, como Angola e Moçambique.

Além disso, a regulamentação do jogo online em Portugal garante que as empresas operadoras paguem impostos ao governo. As empresas com licenças pagam uma taxa de imposto de 35% sobre as suas receitas brutas. Esses impostos ajudam a financiar serviços públicos em Portugal, como a saúde, a educação e a segurança. Além disso, a regulamentação garante que as empresas operadoras sejam justas e honestas, evitando fraudes, alavancagem e escândalos.

Outro aspecto importante da regulamentação do jogo online em Portugal é a proteção ao jogador. Embora a regulamentação impeça que menores de idade joguem e assegure que as empresas ofereçam jogos justos, ela também exige que as empresas ofereçam ferramentas para ajudar os jogadores a limitarem suas apostas e a se autoexcluírem do jogo, caso desejem fazê-lo. Além disso, o órgão regulador oferece meios para os jogadores presentarem queixas caso sejam maltratados pelas empresas operadoras.

Em resumo, a regulamentação do jogo online em Portugal beneficia tanto os jogadores como as empresas operadoras. Ela garante que as empresas operadoras paguem seus impostos, aumenta sua base de clientes, protege os jogadores e impede a ocorrência de fraudes. Dessa forma, o jogo online é visto como uma atividade legal e segura em Portugal, além de representar uma fonte importante de receita para o governo.